Turismo Rural: desenvolvimento local e cultural

O turismo rural é uma alternativa viável para a economia, a cultura e o desenvolvimento de vários municípios

 O turismo rural é uma alternativa viável para a economia, a cultura e o desenvolvimento de vários municípios.

Turismo Rural: desenvolvimento local e cultural

Quando se fala em turismo em nosso país, temos as mais diversas alternativas. Viagens a praias ou a grandes centros, visitas a parques, a cidades históricas, entre outras. O turismo rural surgiu como uma alternativa para quem quer descansar, principalmente, quem habita as cidades grandes. Os visitantes podem desfrutar de instalações rústicas e confortáveis, boa culinária regional e conviver com os afazeres do campo entre outras atividades.

Origem no Brasil

O turismo rural no Brasil tem origem nos anos 80 e veio como alternativa de renda para os produtores rurais. Identificou-se esse potencial a partir do interesse das pessoas em desfrutar do meio rural. Muitas pessoas, que hoje vivem nas cidades, têm sua origem ligada a esse meio e foram para as cidades graças ao êxodo rural. Sendo assim, criou-se uma demanda por passeios e vivências nas fazendas. Os primeiros  proprietários a se embrenharem no turismo rural foram verdadeiros empreendedores que souberam fazer um planejamento adequado, envolver a população local e possibilitar experiências verdadeiras de boa hospedagem e atividades no campo.

Mão de obra

A grande maioria dos empreendimentos do turismo rural absorvem a mão de obra dos locais onde se encontra a propriedade. É importante essa inclusão, pois evita-se o êxodo rural, valoriza e estimula o comércio local e dá oportunidade às pessoas de realizarem outras atividades sem que saiam de sua região. O grande problema é que, para atividades básicas da propriedade, essa mão de obra já está preparada. No entanto, para atividades mais especializadas, na área de hotelaria, guia turístico e outras atividades, é preciso se fazer cursos e buscar orientação para se ter a capacitação necessária para tanto.

Cultura rural e local

Dentro do contexto do turismo rural, é importante sempre exaltar a vida no campo e suas características. Aves diversas, no quintal; tirada de leite, ao pé da vaca; e confecção de produtos, como rapadura e farinha, são exemplos de algumas atividades que chamam a atenção dos que não estão acostumados com o ambiente rural por residirem nas cidades. O importante é incorporar atividades que fazem parte de um costume regional, ou seja, as que já se encontram enraizadas na região da propriedade.

A cultura local é outro fator de muita importância, pois acaba envolvendo, além da propriedade, pequenas cidades ou distritos próximos. Manifestações como danças folclóricas, teatro, música, lendas regionais, confecção de artesanatos típicos e eventos religiosos, tão comuns em nosso interior, são muito valorizados, já que ajudam a preservar a cultura local, além de alavancar mais eventos e estimular o comércio local.

Gastronomia

Em cada região de nosso país, existem as comidas chamadas típicas ou regionais. É importante que se desenvolva bem os pratos e as guloseimas da região onde está localizada a propriedade rural. Já existem vários roteiros gastronômicos, que realizam festivais anuais em várias localidades, onde se desenvolvem, além dos pratos típicos, variações com ar gourmet, com toques de chef´s renomados, que agradam os gostos mais exigentes. Mas também deve-se valorizar o simples, a cozinha do fogão de lenha, a batata-doce na fogueira ou a linguiça defumada no quintal, pois, sem dúvida, esse toque de simplicidade é o que chama maior atenção do turista em busca de suas raízes.

Produção agrícola

É muito importante que se faça um planejamento da produção agrícola da propriedade para torná-la o mais sustentável possível. É imprescindível fornecer o  máximo da experiência rural legítima, por meio do fornecimento de verduras e frutas da região, frescas, bem como carnes, leite, ovos e outros produtos, frutos da agregação de valor da produção. Para isso, deve-se variar bem a produção, planejando onde e como fazer as benfeitorias, realizar os plantios, aproveitar os restos culturais e excrementos animais. Daí se cria um leque de visitas e atividades que as pessoas poderão desfrutar como: visitas a hortas, plantios e criações animais, bem como a participação no processo de fabricação de produtos, ou ainda a realização de passeios a cavalo. A agregação de valor, por meio da transformação dos produtos agrícolas em doces, defumados, derivados de leite, artesanatos  e outros, é de extrema importância, tanto para atender a cozinha, como para gerar  comercialização de produtos da roça, prontos para serem levados para casa. Quanto mais diversificada for a produção, mais experiências autênticas o turista terá.

Conservação ambiental e ecoturismo

A conservação do meio ambiente é uma obrigação e uma oportunidade de melhorar o turismo rural. Conversando as matas originais, os cursos d'água, as passagens de animais, agrega-se valor à propriedade e se mantém um ambiente de vegetação natural agradável. Daí podem surgir uma série de atividades de ecoturismo, como a confecção de trilhas orientadas, com identificação de espécies vegetais e animais, bem como o bioma da qual se originam; deliciosos banhos em cursos d'água ou em cachoeiras; entre outros. Da mesma forma, podem ser planejados pacotes de atividades de esportes ligados à natureza como escaladas, passeios de barco, rafting, treeking e outras atividades não poluentes.

Vê-se então um amplo panorama das possíveis atividades a serem implantadas em uma propriedade voltada para o turismo rural. Entretanto, deve-se fazer um planejamento de mudanças na produção, assim como um cronograma de atividades para que tudo seja organizado. Da mesma forma, deve-se fazer a incorporação das pessoas da região, como funcionários e parceiros, contanto que sejam treinados nas áreas afins da atividade. Também é primordial envolver a comunidade em atividades culturais, pois isso é determinante para o sucesso do empreendimento. Em um país de vocação agrícola forte, o turismo rural é o futuro.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os cursos da área Turismo Rural e Ecológico, elaborados pelo CPT – Centro de Produções Técnicas, entre eles o curso Qualificação de Profissionais para Turismo Rural.



Andréa Rocha 03-07-2013 Turismo Rural

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.