Conheça algumas diferenças entre o café conilon e o café arábica

Em relação à produtividade, o conilon tem uma capacidade de produção muito maior que o arábica, além de possuir grãos menores, com a polpa menos espessa

 

Primeiramente, o produtor de café deve saber que estes cafés pertencem a duas espécies diferentes: o café conilon pertence à espécie Coffea canephora e o café arábica à espécie Coffea arabica, e por isso possuem características distintas. Passemos a elas.

As características dos cafés se diferenciam até mesmo quanto ao tamanho das árvores que os originam: enquanto a árvore do café conilon é de um porte elevado, a do café fino ou arábica é bem menor. O arábica deve ser produzido em altitudes maiores, enquanto que o conilon pode ser produzido a até 800m de altitude.

O café conilon apresenta as folhas maiores e mais enrugadas, ao passo que as folhas do café arábica são menores e mais lisas. Além disso, o conilon apresenta a característica do multicaule, que é a capacidade de ramificações do caule, ou seja, vários caules que saem de uma mesma planta; já o arábica é unicaule, apenas um caule por planta.

Em relação à produtividade, o conilon tem uma capacidade de produção muito maior que o arábica, além de possuir grãos menores, com a polpa menos espessa. Depois dos grãos já beneficiados, é possível perceber uma diferença na cor dos grãos, pois o café conilon possui uma pigmentação mais escura que os grãos do café arábica. Essa diferenciação da cor se deve ao fato de que, após beneficiados, os grãos do café conilon mantêm a película aderente ao grão, ao passo que o café arábica solta mais facilmente essa película.

Se comparados os sabores dos dois cafés, o arábica se destaca, pois possui um sabor mais completo, já que tem mais marcado o aroma, a doçura e a acidez. Já o conilon tem um paladar mais neutro, apresentando um sabor mais amargo, devido ao fato de que ele tem o dobro de cafeína que o arábica.

No Brasil, o café conilon é muito utilizado para a produção de café solúvel, por conter uma quantidade maior de sólido solúvel, gerando assim, um rendimento econômico maior para as empresas do ramo. No entanto, já é possível encontrar no país indústrias que fazem a mistura dos dois cafés, o conilon e o arábica, a fim de combinar as características presentes nos dois.

No quesito comercialização, pode-se dizer que o café arábica vale o dobro do café conilon. Isso se deve ao fato de que o café conilon não é vendido puro, pois ele é usado para fazer as misturas com o arábica, o que acaba por baratear o preço final do produto. Por outro lado, o café arábica pode ser comercializado sozinho, são os chamados "café gourmet", e são bem mais caros para os consumidores, resultando em lucro maior para os produtores deste café.

O CPT - Centro de Produções Técnicas possui o curso Como Produzir Café Conilon. Neste curso, você receberá orientações para a formação de mudas, escolha e preparo da área, plantio, colheita, armazenamento, entre outros. Leia também nosso artigo Saiba como cultivar café conilon.

Beatriz Lazia 03-05-2012 Cafeicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.