Manchas marrons no fruto do café em fase de maturação

Manchas marrons no fruto do café em fase de maturação. Segundo especialistas da Fundação Procafé, essa anormalidade não havia sido observada antes - em grande escala, como agora.

As manchas marrons no fruto do café podem ser causadas pela alta insolação e luminosidade, ou ainda por variações na temperatura ou choque térmico

Manchas marrons no fruto do café em fase de maturação Atualmente, pequenas manchas marrons no fruto do café em fase de maturação têm preocupado cafeicultores e engenheiros agrônomos. Elas passaram a surgir nas cascas dos frutos do cafeeiro sem motivo aparente. Mas estudiosos acreditam ser várias as causas - como alta insolação e luminosidade, ou ainda por variações na temperatura ou choque térmico.

A maior incidência das manchas ocorre na fase de maturação - inclusive a anomalia na casca dos grãos de café tem aumentado nos últimos meses. Segundo especialistas da Fundação Procafé, essa anormalidade não havia sido observada antes - em grande escala como agora. Por enquanto, ela tem sido detectada nos cafezais do Sul do país e da Zona da Mata mineira.
   
No início, as manchas são pequeninas e aparecem como pontinhos escuros. O número de manchas é bastante considerável - entre 50 e 70 por fruto. Com o passar do tempo, elas aumentam, unem-se - cobrindo praticamente todo o fruto e, por fim, tornam-se deprimidas. Nos cafeeiros de frutos amarelos, as manchas são mais visíveis do que nos vermelhos. Mas também podem surgir nos frutos verdes - como manchas escuras, lembrando um tipo de queima.

Já foram descartados o efeito de ácaros e de cercosporiose, assim como o ataque de fungos. O mais provável é a ação física do sol, da luz, da temperatura ou do choque térmico. O mais estranho é que antes essas manchas não tinham sido detectadas em cafezais. Mas como houve um veranico - de abril a maio, talvez tenha sido esta a causa das alterações nos frutos. Portanto, as mudanças climáticas podem ser as verdadeiras vilãs.

As perdas na lavoura de café são mais qualitativas do que quantitativas. Ou seja, podem haver dificuldades no processo de despolpa do fruto - já que as manchas causam aderência da casca na polpa. Além disso, com as injúrias no fruto - provocadas pelas manchas, pode surgir   o aparecimento de fungos saprófitas - que alteram a qualidade da bebida.

De acordo com os professores Daniel Marçal de Queiroz, Francisco de Assis Carvalho Pinto e Mauri Martins Teixeira, do Curso a Distância CPT Passo a Passo para se Obter Café de Qualidade, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online, a qualidade do café encontra-se associada às condições de clima e solo - onde as lavouras encontram-se implantadas, bem como às formas de pré-processamento do produto.

Conheça os Cursos a Distância na Área Cafeicultura.

Fonte: Globo Rural.

Andréa Oliveira 17-07-2016 Cafeicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.