Censo agropecuário 2017 traça perfil da atividade rural no Brasil

Censo agropecuário 2017 traça perfil da atividade rural no Brasil. Os recenseadores já começaram a visitar as famílias rurais de várias regiões do país para traçar um perfil detalhado das atividades rurais.

O censo agropecuário 2017 conta com 19 mil recenseadores, que visitarão mais de cinco milhões de propriedades rurais

Censo agropecuário 2017 traça perfil da atividade rural no BrasilO censo agropecuário 2017 começou no mês passado e se estenderá até fevereiro de 2018. Os recenseadores já começaram a visitar as famílias rurais de várias regiões do país para traçar um perfil detalhado das atividades rurais e, assim, ajudar na implantação de políticas, que potencializem o desenvolvimento do setor na próxima década. O último censo ocorreu há dez anos. Como muitas mudanças ocorreram no campo, um novo censo tornou-se necessário.

Segundo Sergio Braga da Silva, coordenador regional do IBGE, o universo agropecuário é dinâmico e inovador, com avanços tecnológicos que impulsionaram a agropecuária nacional. De 2007 a 2017, o setor passou por transformações, que aprimoraram as técnicas na agricultura e na pecuária, como o melhoramento genético e o desenvolvimento de cultivares muito mais resistentes a pragas e doenças.

O censo de 2017 conta com 19 mil recenseadores, que visitarão mais de cinco milhões de propriedades rurais em todo território nacional. Se considerarmos apenas o estado do Paraná, serão 1850 recenseadores com destino a mais de 370 mil propriedades. As perguntas vão das mais básicas até as mais complexas - depende do perfil do produtor rural e do que foi implantado em sua propriedade.

Em Sergipe, predominam as pequenas propriedades. Lá os recenseadores têm coletado informações sobre o que é produzido na região, como são realizados os trabalhos no campo e quantas propriedades existem no estado. Em locais onde havia somente um produtor atualmente existem vários. Por isso, tudo deve ser avaliado criteriosamente para que cada estabelecimento agropecuário seja entrevistado.

Os agricultores e pecuaristas responderão de 42 a mais de 100 perguntas. Dessa forma, será possível coletar maiores detalhes das propriedades rurais existentes no país - desde a produção até o número de famílias que vivem no meio rural. O objetivo principal é criar estratégias e fomentar programas em prol do desenvolvimento do setor agropecuário. Os resultados da pesquisa serão divulgados em maio de 2018

Fonte: Globo Rural.

Confira o artigo "Planejamento estratégico de propriedades rurais" e aprimore ainda mais o seu conhecimento.

Conheça o Curso a Distância CPT Planejamento Estratégico de Propriedades Rurais, em Livro+DVD e Online, da Área Administração Rural.

 


Andréa Oliveira 18-10-2017 Agricultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.