Condições do solo na seca podem melhorar com técnicas agrícolas

Condições do solo na seca podem melhorar com técnicas agrícolas. Algumas delas resultam em lavouras viçosas e produtivas, como o sistema de rotação de culturas e o terraceamento da área.

Com os avanços nas técnicas agrícolas, como rotação de culturas e terraceamento, hoje é possível melhorar as condições do solo na seca

Condições do solo na seca podem melhorar com técnicas agrícolas

Com os avanços nas técnicas agrícolas, hoje é possível melhorar as condições do solo na seca. Algumas delas resultam em lavouras viçosas e produtivas, como a rotação de culturas e o terraceamento da área. Por meio delas, o agricultor aumenta o potencial do solo em absorver água. Com boa infiltração, o solo melhora a sua estrutura, assim como a reciclagem de nutrientes essenciais à planta.

A importância da rotação de culturas para o solo

Em Vila Bela do Paraíso (PR), o agricultor Ricardo Gomes de Araújo implantou em sua propriedade o sistema de rotação de culturas. No ano passado, ele plantou soja em praticamente 80% da área de cultivo (a área restante recebeu milho). Em 2018, será plantado trigo em 50% da área. A outra metade receberá aveia e milho. "As proporções são sempre as mesmas, mas é realizado rodízio das áreas de cultivo", completa Araújo.

Melhores resultados com espécies de plantas diversificadas

E os resultados foram aumento na produtividade (72 sacas de soja/hectare), o que comprova os benefícios dessa prática quando bem planejada. Além de favorecer a estrutura do solo, o sistema rotacional de culturas impede a invasão de plantas daninhas e evita o surgimento de doenças. E quanto mais diversificadas as espécies plantadas na área, melhor para o solo (preservação).

Terraceamento e produtividade da lavoura

"Outra técnica que garante a conservação do solo é o terraceamento. Se o terreno apresentar ondulações, basta acentuar alguns desníveis para acumular água da chuva e reter os nutrientes do solo. Com isso, o agricultor economiza com insumos, ao mesmo tempo que aumenta a produtividade da lavoura", afirma Osmar Conte, pesquisador da Embrapa. No caso da soja, o plantio direto é o manejo ideal para uma maior estabilidade da produção.

A soja e o plantio direto

Segundo Afonso Peche Filho, professor do Curso a Distância CPT Plantio Direto, em Livro+DVD e Online, trata-se do cultivo do solo, sem operações de plantio convencional, tendo como principal objetivo a conservação dos solos. Além de controlar a erosão, a técnica melhora as condições de temperatura e umidade, o que favorece a cultura.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Mecanização Agrícola.

Fonte: projetosojabrasil.com.br


Andréa Oliveira 23-02-2018 Agricultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.