Goiaba: ótima opção para a agricultura familiar

Goiaba: ótima opção para a agricultura familiar. Embora exigente em mão de obra, a cultura pode ser facilmente conduzida por poucas pessoas.

O cultivo da goiaba é uma ótima opção para a agricultura familiar, pois embora seja exigente em mão de obra, a cultura pode ser facilmente conduzida por poucas pessoas

Goiaba: ótima opção para a agricultura familiar

Originária do México e do Peru, a goiaba disseminou-se pelo mundo, devido à sua versatilidade e perenidade. Possuindo variedades com polpa branca, rosada ou vermelha, a goiaba é uma fruta bastante apreciada pelos brasileiros, com boa saída no mercado consumidor. Além disso, ela é uma ótima opção para a agricultura familiar, pois embora seja exigente em mão de obra, a cultura pode ser facilmente conduzida por poucas pessoas, sem maiores problemas.

Mas a sua versatilidade compensa o esforço. Os frutos maduros podem ser enviados à indústria para produção de geleia, compota, doce, suco, sorvete e molho agridoce, e os frutos verdes seguem diretamente para a distribuição no mercado consumidor (consumo in natura).

Segundo os especialistas da GOIABRÁS - Associação Brasileira dos Produtores de Goiaba, e professores do Curso CPT Produção de Goiaba, a importância econômica da cultura, tanto para o mercado interno como para exportação, ocorre em virtude das várias formas de aproveitamento do fruto.

Atualmente, os maiores produtores de goiaba estão em São Paulo, Pernambuco e Bahia, devido ao clima quente típico da região. Mas outros fatores fazem com que a goiabeira seja produtiva, como o solo (profundo e bem drenado) e as podas (de formação, de condução e de limpeza).

A colheita das goiabas ocorre de janeiro a abril, mas pode se estender durante todo o ano. Esta é uma das etapas mais importantes da cultura, pois se houver falhas, haverá prejuízos, pois a durabilidade do fruto, o sabor e a qualidade da goiaba dependem dos cuidados na colheita.

A colheita é manual, de duas a três vezes por semana, e deve ser feita pela manhã, quando a temperatura estiver amena. Em hipótese alguma, as goiabas devem sofrer danos. Caso contrário, o processo de deterioração da fruta será acelerado. Portanto, os responsáveis por esse manejo devem ser bastante criteriosos e cuidadosos.

O ponto de colheita é quando a goiaba já se desenvolveu, mas ainda está verde ou "de vez" (quando está perto de amadurecer, mas ainda com características de verde). Assim que são colhidas, devem ser colocadas em cestos de mão, com o fundo coberto por folhas de goiabeiras, para que não sofram injúrias.

Por fim, as goiabas seguem para o beneficiamento, onde são selecionadas e limpas para seguirem para a comercialização.

Por Andréa Oliveira.

Fontes: Globo Rural e Cursos CPT.

 

Andréa Oliveira 21-07-2015 Fruticultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.