Abelhas exterminadas por agrotóxicos são problema global

Abelhas exterminadas por agrotóxicos são problema global. O que muitos ignoram é que abelhas e demais polinizadores são responsáveis por preservar a vida no Planeta.

O extermínio das abelhas por agrotóxicos coloca em risco a manutenção da vida no Planeta

Abelhas exterminadas por agrotóxicos são problema global

Segundo Márcio Freitas, integrante do Comitê de Assessoramento da Iniciativa Brasileira para Conservação e Uso Sustentável dos Polinizadores, alguns agrotóxicos utilizados, de forma inconsequente, na agricultura, têm causado o extermínio de enxames em várias regiões do país. Isso porque a intoxicação afeta a comunicação entre as abelhas, o que as impede de voltar às colmeias. Trata-se de um sério problema, em nível global, que precisa ser resolvido antes que seja tarde demais.

O perigo dos agrotóxicos para os polinizadores naturais

A aplicação de pesticidas na agricultura deve ser controlada e fiscalizada criteriosamente. Caso contrário, não apenas as abelhas estão fadadas à extinção como também outros "animais polinizadores - dentre eles, beija-flores, borboletas, formigas, marimbondos, vespas, moscas, além de morcegos", afirma Ceres Belchior, analista ambiental do MMA - Ministério do Meio Ambiente.

Grande porcentagem de espécies floríferas depende de polinizadores

O que muitos ignoram é que abelhas e demais polinizadores são responsáveis por preservar a vida no Planeta. De acordo com Belchior, em todo mundo, mais de 85% das espécies floríferas dependem de polinizadores para a formação de sementes e frutos sadios. Na verdade, a polinização natural é essencial à vida na Terra, tanto que "75% da alimentação humana dependem de plantas polinizadas ou favorecidas pela polinização", completa Roberto Cavalcanti, secretário de Biodiversidade e Florestas.

Medidas enérgicas devem combater o uso desmedido de agrotóxicos

No caso das abelhas, "o extermínio de enxames por produtos agrotóxicos, principalmente os aplicados via aérea e no período de florada, deve ser combatido com medidas enérgicas e eficazes", afirmam Etelvina Conceição Almeida da Silva e Paulo Sérgio Cavalcanti Costa, professores do Curso a Distância CPT Produção de Rainhas e Multiplicação de Enxames em Livro+DVD e Online.

Uma das mais importantes polinizadoras naturais é a Apismellifera

A Apismellifera, por exemplo, é a polinizadora mais utilizada mundialmente com grande relevância na agricultura. Sem ela, as plantas dependentes de sua ação polinizadora não se reproduzem, o que causa o declínio de várias espécies. Tamanha é a importância econômica dos polinizadores naturais que culturas favorecidas ou dependentes da polinização são capazes de movimentar bilhões (e por que não trilhões) de reais anualmente.

É vital viabilizar a conservação e a restauração de espécies polinizadoras

No Brasil, a IPI - Iniciativa Internacional para Uso Sustentável dos Polinizadores, instituída em 2000 e estruturada pela CDB - Convenção sobre Diversidade Biológica, tem desenvolvido ações para monitoramento contínuo de polinizadores. O objetivo principal é avaliar as causas do declínio das populações e seu impacto no meio ambiente. Com isso, será possível viabilizar a conservação e a restauração das espécies polinizadoras no país.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Apicultura.

Fonte: mma.gov.br

Andréa Oliveira 02-05-2018 Apicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.