Maneira adequada de fazer a nutrição dos periquitos australianos

Os nutrientes básicos de uma alimentação completa e balanceada dos periquitos australianos são: água, carboidratos (glicídios), minerais, proteínas, gorduras (lipídios) e vitaminas

A criação de periquitos australianos está em franca expansão como hobby e como atividade comercial

  periquitos australianos

Os nutrientes básicos de uma alimentação completa e balanceada dos periquitos australianos são: água, carboidratos (glicídios), minerais, proteínas, gorduras (lipídios) e vitaminas. Os componentes de uma ração podem ser ou não essenciais. Dos nutrientes essenciais, a água é a única que deve ser ministrada separadamente e de forma contínua. Passemos a uma análise mais detalhada de tais nutrientes.

Proteínas Têm um importante papel na dieta, têm função estrutural e de manutenção, além de serem fonte de energia. Sua importância é na produção de ovos, penas, bicos e unhas.

Lipídeos Têm importância biológica das gorduras, que é de proporcionar fonte de energia aos pássaros.

Carboidratos Servem de reservas energéticas.

Vitaminas Tratam-se de componentes essenciais, que devem ser introduzidos na dieta alimentar, visto que as sementes são pobres em vitamina A, E e D.

Mineral É outro grupo essencial por apresentar várias funções, como por exemplo, a formação do esqueleto e da casca do ovo, manutenção normal do sangue, transporte de oxigênio, fazendo parte ainda da composição de centenas de enzimas.

Água Deve ser trocada, diariamente, e estar sempre disponível. Nos meses mais quentes do ano, recomenda-se que ela seja trocada, se possível, duas vezes ao dia para evitar que os periquitos bebam água morna. Uma necessidade maior ocorre quando estes meses coincidirem com o período reprodutivo, quando sempre deve estar disponível água fresca.

Sementes A qualidade das sementes produzidas no Brasil é bastante inferior à produzida e comercializada na Europa. No mercado, existe uma gama de variedades, o criador deve refletir ao optar por uma determinada semente, pois existem aquelas que são muito caras e outras mais razoáveis.

Verduras São uma grande fonte de vitaminas e minerais. As folhas escuras são as mais recomendadas. Exemplos de algumas verduras são a couve, repolho, almeirão, chicória ou escarola. A alface não é recomendada.

Frutas As frutas fornecem muitos nutrientes, que são deficientes em sementes. Assim, o seu fornecimento às aves equilibram a dieta. As mais apreciadas são a maçã, banana, mamão com semente, uva, melancia, pera, goiaba, laranja, entre outras. O abacate deve ser evitado, pois apresenta grande quantidade de selênio.

Farinhadas As farinhadas são misturas de produtos farináceos, sementes e ovos. Já vêm prontas, evitando assim o trabalho de cozinhar e amassar os ovos, descascar, picar ou ralar frutas e verduras. Elas têm o intuito de suprir as necessidades dos pássaros, no entanto, precisam ser balanceadas, pois o excesso ou carência pode causar a morte dos filhotes por desnutrição ou obesidade.

Para maiores informações, consulte o curso Criação de Periquitos Australianos, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas. Leia também nosso outro artigo Criação de periquitos australianos.

Beatriz Lazia 09-01-2013 Aves Exóticas

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.