Criação de galinhas para produção de ovos

A criação de galinhas poedeiras tem, ao longo dos anos, se tornado empreendimento de grande rentabilidade, pois a avicultura constitui uma das principais atividades brasileiras

Existem três formas de se criar galinhas poedeiras, mas em qualquer sistema, o manejo alimentar, reprodutivo e sanitário é imprescindível para o bom desempenho dos animais

A sua grande demanda faz a criação de galinhas poedeiras ser uma boa alternativa de negócio.

A criação de galinhas poedeiras tem, ao longo dos anos, se tornado empreendimento de grande rentabilidade, pois a avicultura constitui uma das principais atividades brasileiras. Aliado a isso, há o fato do ovo ser um alimento de alto valor nutritivo e proteico, de baixo custo e acessível a todas as classes sociais.

É importante que o proprietário de um aviário esteja disposto, ao criar galinhas poedeiras, a manter o bem estar das aves, garantindo-lhes boas condições  de instalações e equipamentos. Além disso, é  necessário oferecer treinamento aos funcionários, principalmente aos tratadores, para que eles tenham capacidade de cuidar do aviário.

As aves precisam ser bem preparadas, pois a seleção das que serão destinadas à produção comercial  de ovos deve apresentar características físicas desejadas para postura. Geralmente, essa ocorre aos sete meses de vida. À medida que as aves se tornam improdutivas, devem ser descartadas, para evitar prejuízos.

Dentre as várias linhagens disponíveis no mercado, destacam-se a Lohman (Brown e LSL); Isa (Brown e Babcock); Hy-line; e Hissex. Entre as galinhas poedeiras vermelhas mais utilizadas estão a New Hampishire e a Rhode Island. Independentemente da linhagem ou marca, as características de uma boa poedeira, em postura, são: cristas e barbelas bem vermelhas e elásticas; as canelas devem se apresentar sem pigmentação; distância de dois dedos ou mais entre os ossos pélvicos; a cloaca deve estar alargada (aproximadamente 4 dedos) de forma oval, na fase de postura, sem pigmentação e úmida.

Uma boa linhagem deve ter baixa taxa de mortalidade, capacidade de postura acima de 240 ovos por ano, alta percentagem de ovos grandes, boa capacidade de pigmentar as gemas, resistência a doenças, alta taxa de eclosão, maturidade sexual precoce, alta fertilidade e qualidade interna do  ovo, e baixa incidência de manchas no seu interior.

O curso "Galinhas Poedeiras - Cria e Recria", elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, oferece a oportunidade para os avicultores conhecerem as técnicas de cria e recria de galinhas poedeiras.

Após fazer o curso e ser aprovado na avaliação, o aluno recebe um certificado de conclusão emitido pela UOV - Universidade On-line de Viçosa, filiada mantenedora da ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância.

Existem três formas de se criar galinhas poedeiras: diretamente sobre o piso nas três fases (cria, recria e postura); em gaiolas nas três fases; ou  combinando piso na fase inicial e gaiolas nas outras duas. Em qualquer sistema, o manejo alimentar, reprodutivo e sanitário é imprescindível para o bom desempenho dos animais.

http://www.youtube.com/watch?v=JzDpY2o7Mx4

Patrícia Tristão 01-06-2010 Avicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.