Dicas úteis de manejo de frangos e galinhas

Dicas úteis de manejo de frangos e galinhas

O manejo adequado de frangos e galinhas evita sérios problemas, que podem prejudicar a produtividade das aves e afetar a qualidade do produto final

Dicas úteis de manejo de frangos e galinhas

Em Minas Gerais, pequenos avicultores com problemas de manejo passaram a receber visitas do GECTA - Grupo de Estudo de Estudo de Ciência e Tecnologia Avícola da UNIBH. O grupo coordenado por Bruno Antunes, professor e médico veterinário, é dividido em atividades, que avaliam desde a qualidade dos ovos até o manejo sanitário das aves. Com isso, é possível ajudar os produtores rurais.

Um dos problemas geralmente detectados é a postura de ovos fora do ninho, junto a fezes e sujidades, o que pode contaminar os ovos. Isso ocorre, muitas vezes, por ninhos muito altos, o que dificulta o acesso das aves. A luminosidade do galpão das galinhas poedeiras também deve ser monitorada. As galinhas em postura preferem ambientes tranquilos e com penumbra.

A superlotação de aves também é prejudicial ao aviário. O ideal é reservar 0,5m² de pasto para cada ave. Já no galpão, devem ser criadas 5 aves por m². Caso contrário, ocorrerá o estresse das aves, o que reduz o seu desempenho, além de provocar o canibalismo entre elas. No poleiro de material aderente (não é recomendado bambu), cada ave deve ter um espaço de, no mínimo, 40 cm lineares.

Quanto à ventilação dos galpões, esta deve ser proporcionada pela abertura das laterais. Entretanto, elas devem ser protegidas por tela para permitir uma boa aeração do aviário. Além de tornar a temperatura amena, as aberturas com tela proporcionam a liberação dos gases das fezes, além de reduzir a poeira excessiva.

Outro aspecto importante diz respeito à cama do aviário, que não pode estar compacta. Caso contrário, pode dificultar a absorção das fezes, além de gerar gases tóxicos, como a amônia.  Da mesma forma, a cama distribuída de forma inadequada aumenta a poeira, o que pode causar problemas respiratórios nas aves.

Os bebedouros e comedouros devem estar sempre limpos e posicionados, de forma adequada, para não permitir a contaminação por fezes e sujidades. O ideal é estar na altura do papo das aves para que não haja desperdício de ração nem transborde água na cama.

Quanto ao armazenamento da ração dos frangos e das galinhas, este deve ser em local fresco e seco, limpo e sem incidência direta do sol. Os sacos devem permanecer fechados e, preferencialmente, em cima de plataformas para evitar o contato com o chão.

O manejo adequado de frangos e galinhas evita sérios problemas, que podem prejudicar a produtividade das aves e afetar a qualidade do produto final (ovos e carne).

Fonte: Globo Rural.

Conheça o Curso a Distância CPT Criação de Frango e Galinha Caipira, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online - elaborado por Luiz Fernando Teixeira Albino, Mestre e Doutor em Zootecnia também pela Universidade Federal de Viçosa.


Andréa Oliveira 11-04-2017 Avicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.