Quais são os equipamentos necessários para criação de galinha caipira?

Equipamentos e manejo na criação de aves caipiras


Os equipamentos essenciais para atividades avícolas, tanto em sistemas industriais quanto no sistema caipira, incluem comedouros, bebedouros, campânulas, termômetros, ventiladores, bandejas de alimentação, círculos de proteção, balanças e cortinas. Dependendo das circunstâncias específicas, podem ser necessários outros equipamentos adicionais, conforme é explicado pelo Prof. Dr. Marcelo Dias da Silva, do Curso CPT Criação de Frango e Galinha Caipira.


No sistema de criação extensiva, as aves permanecem soltas, o que reduz a necessidade de equipamentos. Contudo, em áreas onde o acesso à água é limitado, é recomendável o uso de bebedouros distribuídos estrategicamente. Em tais sistemas, muitas vezes os próprios criadores fabricam seus comedouros e bebedouros, utilizando materiais como bambu. Por exemplo, os comedouros podem ser feitos cortando-se colmos de bambu, removendo-se uma tampa e fazendo ajustes para evitar ferimentos nas aves. Alternativamente, podem ser pendurados por arames, dependendo da criatividade e recursos disponíveis.


Embora fabricar os próprios equipamentos possa inicialmente representar uma economia, isso pode não se traduzir em economia real a longo prazo. Equipamentos inadequados podem resultar em problemas como aumento da mortalidade e propagação de doenças, especialmente em sistemas intensivos e semi-intensivos, onde as aves são confinadas ou parcialmente confinadas.


Por exemplo, a criação intensiva e semi-intensiva requer equipamentos mais robustos e menos propensos a transmitir doenças, como comedouros e bebedouros específicos. Além disso, o uso de poleiros dentro das instalações aumenta a área útil e proporciona maior conforto às aves.


Aquecedores são fundamentais, especialmente nos primeiros dias de vida das aves, quando ainda não desenvolveram completamente seu sistema de regulação térmica. Existem diferentes tipos de aquecedores, como aquecedores a lenha, a gás e elétricos, sendo os mais comuns as campânulas a gás. Recomenda-se uma campânula por círculo de proteção, o que geralmente é suficiente para 500 pintinhos. Lâmpadas incandescentes também podem ser usadas, mas são mais adequadas para iluminação do que para aquecimento eficaz.


Recomendações:

Em regiões de inverno rigoroso, considerar o uso de campânulas a lenha além das campânulas de proteção para manter um ambiente aquecido.


Durante o inverno, manter o aquecimento nas horas mais frias até que os pintinhos tenham entre 15 a 20 dias de idade.


No verão, desligar as campânulas a partir da segunda semana de vida ou ligá-las apenas durante as horas mais frias do dia.


Monitorar e controlar a temperatura das campânulas, que devem ser inicialmente suspensas a cerca de 60 cm do chão e ajustadas conforme o crescimento das aves.


• A regulagem da temperatura pode ser feita observando o comportamento dos pintinhos dentro do círculo de proteção ou utilizando termômetros.


O tempo de permanência dos pintinhos no círculo de proteção varia conforme a época do ano e deve ser acompanhado de perto para garantir o conforto e desenvolvimento adequados das aves.


Quais são os equipamentos necessários para criação de galinha caipira?

A capacitação é fundamental para dominar todas as técnicas e segredos da avicultura. O Curso CPT Criação de Frango e Galinha Caipiraoferece uma excelente oportunidade de aprendizado nessa área. Não deixe passar essa chance, invista em conhecimento e conquiste reconhecimento no mercado,  desenvolvendo um negócio promissor e rentável!

Conheça os Cursos CPT da Área Avicultura.
Por: Thiago de Faria

Thiago de Faria Ribeiro 20-06-2024 Avicultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.