Vacas produzem mais embriões em áreas de sombra no sistema ILPF

Estudos comprovam que o microclima do sistema ILPF é vantajoso à fertilidade das vacas

Vacas produzem mais embriões em áreas de sombra no sistema ILPF

O sistema ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta) é amplamente benéfico ao rebanho bovino, pois lhe garante conforto térmico. Pesquisas recentes comprovam que vacas criadas em áreas sombreadas apresentam aumento em torno de 20% na taxa de produção de embriões. Os resultados vieram do experimento da doutoranda Amanda Prudêncio Lemes, da Unesp - Universidade Estadual Paulista (Unesp), desenvolvido em conjunto com a Embrapa Pecuária Sudeste.

Segundo Alexandre Rosseto, orientador do projeto, os bovinos criados em áreas com grande incidência solar alcançaram taxa de produção de embriões de 36%. Quanto aos animais criados em área de sombra, eles chegaram a uma taxa de 43%, ou seja, houve um aumento de aproximadamente 20% na formação de embriões. Segundo o pesquisador, os resultados comprovam que o microclima do sistema ILPF é vantajoso à fertilidade das vacas.

No experimento, foram utilizadas 18 vacas, manejadas no Sistema de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF), no outono e no verão. As vacas foram criadas nesse sistema, até o momento do parto, e, mensalmente, eram transferidas a um curral para coleta dos folículos ovarianos. Os embriões foram desenvolvidos em um laboratório particular na cidade de Cravinhos (SP).

Conheça o Curso a Distância CPT Integração Lavoura, Pecuária e Eucalipto em Livro+DVD e Online.

Leia o artigo "Conheça os benefícios que a integração lavoura-pecuária-floresta pode trazer para os produtores rurais".

Fonte: canalrural.uol.com.br

Andréa Oliveira 06-11-2018 Bovinos

Faça já o Download Grátis

Download brinde Manual do Gado Zebu

Basta preencher os campos abaixo para receber o material por e-mail:

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.