Tratamento homeopático em criações

Tratamento homeopático em criações. Para o tratamento homeopático em criações, é preciso traçar um quadro sintomático dos animais e coletar todas as informações sobre os sintomas.

Para o tratamento homeopático em criações, é preciso traçar um quadro sintomático dos animais e coletar todas as informações sobre os sintomas

 Tratamento homeopático em criações

Em geral, os efeitos da homeopatia são mais demorados em doenças crônicas (mais de um mês) do que em doenças agudas (algumas horas). Mas o tratamento homeopático em criações vale a pena, pois é extremamente benéfico aos animais. Ele aumenta as defesas naturais do animal contra doenças, fortalece o sistema imunológico e reduz o estresse do organismo. Mas é importante que o tratamento deve ser contínuo.

Além de verminoses, podem ser tratadas mastites (mamites) em cabras - inflamações nas glândulas mamárias causadas por microrganismos, que comprometem a saúde do rebanho e a qualidade do leite. O medicamento (em pó) pode ser introduzido na ração ou no sal mineral (pode ser alternado), pois é altamente palatável (contém sacarose).

Até mesmo os cabritinhos, que não conseguem mamar nas mães, recebem o medicamento na mamadeira (misturado ao leite), como prevenção ao estresse. Isso acalma o animal, que vive em confinamento - principalmente se está separado da mãe. Nesse caso, a homeopatia funciona como calmante natural.

O investimento em medicamentos homeopáticos compensa. Além de reduzir os custos com medicamentos veterinários convencionais (de 70 a 90%), o emprego da homeopatia no rebanho reduz a mão de obra com o manejo.

Não somente nas cabras a homeopatia tem efeitos positivos, mas também nas vacas - em especial no tratamento de mastites. Quando ocorre a mamite, o leite da vaca apresenta grumos e fica inviável para comercialização - um sério prejuízo para o produtor.  Nos tratamentos tradicionais, o leite da vaca com mastite tem de ser descartado em até seis dias após o uso da medicação.

Como o tratamento homeopático não deixa resíduos químicos no leite, sua comercialização não é prejudicada. Não é preciso descartar o leite dos quatro tetos, mas apenas o leite do teto doente.

No tratamento do gado leiteiro, as doses homeopáticas são administradas em gotas - diferentemente dos caprinos (medicação em pó). O medicamento é diluído na água e misturado à ração - basta entrar em contato com a mucosa do animal para fazer efeito. Com o tempo, o tratamento passa a ser apenas preventivo, pois as contínuas infecções no rebanho são reduzidas significativamente.

 "A proposta do tratamento homeopático é tratar o organismo como um todo, independente do problema ser de casco, mama, pele ou respiratório, de forma a restabelecer a saúde no organismo. O tratamento é feito sempre sobre o indivíduo e não sobre a doença", afirma Maria do Carmo Arenales, professora do Curso a Distância CPT Manejo Homeopático para Gado de Leite, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

Fonte: Globo Rural.

Andréa Oliveira 11-01-2017 Criação de Cabras

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.