Bezerros natimortos e vacas paridas que não se levantam - causas

Bezerros natimortos e vacas paridas que não se levantam - causas. Assim que for detectada a hipocalcemia, o tratamento deve ser imediato -aplicação intravenosa de gluconato de cálcio.

São várias as causas de bezerros nascerem mortos e vacas não se levantarem após o parto

Bezerros natimortos e vacas paridas que não se levantam - causas

São várias as causas de bezerros nascerem mortos e vacas não se levantarem após o parto. É preciso deixar claro que ambas as ocorrências nem sempre estão correlacionadas. Pelo contrário, podem ser resultado de quadros clínicos gerados por fatores distintos. Na verdade, é essencial a consulta de um especialista (médico veterinário), que fará a anamnese dos bezerros e das vacas para um diagnóstico mais preciso.

Causas de bezerros natimortos:

->desnutrição materna (fase final da gestação);
->doenças infecciosas (fase final da gestação)
->falta de oxigenação adequada (partos difíceis e traumáticos).

Causas de vacas paridas que não se levantam:

Quando uma vaca parida não consegue se levantar, a causa pode ser a "síndrome da vaca caída". Trata-se de hipocalcemia - taxa de cálcio no sangue abaixo da normal, que gera problemas no metabolismo do animal. Também conhecida como "febre do leite", a hipocalcemia causa grave debilitação na vaca.

Como consequência, o animal se torna mais suscetível a doenças toxi-infecciosas, tristeza parasitária bovina, verminose, botulismo e raiva. Além disso, podem ocorrer lesões músculo-esqueléticas, hiperalimentação ou subnutrição, bem como balanço energético negativo - ou seja, a energia gasta pelo bovídeo é maior que a sua capacidade de ingestão.

Nem todas as vacas são sujeitas à hipocalcemia. Algumas condições determinam se a deficiência poderá ou não ocorrer, como:

->dietas ricas em cálcio no pré-parto;
->uso de medicamentos no pós-parto;
->consumo inadequado de cálcio;
->desnutrição ou superalimentação;
->raças excessivamente produtoras de leite;
->vacas mais velhas.

A dieta balanceada e o bom manejo das vacas evita a ocorrência da "febre do leite". Ambos são essenciais tanto no pré-parto como nas primeiras 72 horas do pós-parto. Assim que for detectada a hipocalcemia, o tratamento deve ser imediato -aplicação intravenosa de gluconato de cálcio.

Fonte: Revista Globo Rural.

Conheça o Curso a Distância CPT Manejo da Vaca Gestante no Parto e Pós-Parto, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online - elaborado por Luciano Patto Novaes, Mestre em Dairy Science e Doutor em Animal Science pela Virginia Tech.

 

Andréa Oliveira 05-07-2017 Pecuária de Leite

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.