Como aumentar o índice de prenhez das vacas

Como aumentar o índice de prenhez das vacas. A técnica em blocos aumenta o índice de prenhez das vacas em até 20%. Os custos extras com o método se limitam aos serviços do médico veterinário.

A técnica de IATF em Blocos aumenta o índice de prenhez em até 20%, sem aumentar os custos do pecuarista com instalações

Como aumentar o índice de prenhez das vacas 

"Na inseminação artificial, o pecuarista tem acesso à genética de reprodutores de alto padrão e a baixo custo. Com isso, o manejo do sistema de cria é aperfeiçoado e o desempenho reprodutivo do rebanho é melhorado de forma bem significativa", afirma Luis Fonseca Matos, professor do Curso a Distância CPT Inseminação Artificial em Bovinos - Convencional e em Tempo Fixo, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

A IATF permite inseminar várias fêmeas em um único dia

Nos últimos 20 anos, a técnica convencional de inseminação foi aprimorada com a IATF - Inseminação Artificial por Tempo Fixo. Ela eliminou a necessidade de detectar o cio e permitiu inseminar várias fêmeas em um único dia. Entretanto, as vacas precisam ser induzidas com hormônios para que o cio ocorra em todas ao mesmo tempo - algo bastante difícil.

O índice de prenhez no IATF chega a 50%

O problema é que o índice de prenhez no IATF permanece em torno de 50 %, pois nem todas as vacas ovulavam ao mesmo tempo mesmo com a indução hormonal. Na maioria dos casos, algumas vacas não apresentavam desenvolvimento do ovário favorável, ou seja, não estão no momento adequado para a inseminação artificial. Portanto, padronizar a indução em todas não é o método ideal.

A IATF em Blocos utiliza ultrassom

Para resolver esse dilema, surgiu outra técnica bem eficiente e com excelentes resultados: a Inseminação Artificial por Tempo Fixo em Blocos. A diferença entre o IATF Convencional e o IATF em Blocos é a utilização de ultrassom. Com o auxílio do aparelho, é possível avaliar a resposta do ovário ao estímulo hormonal, por meio da análise folículo dominante - estrutura que libera o óvulo. Quanto maior o folículo, mais próxima da ovulação está a fêmea.

O ultrassom auxilia a avaliar o momento certo de inseminação

Com o resultado do exame de ultrassom, o veterinário pode avaliar com maior precisão o momento certo de fazer a inseminação artificial. As vacas com folículos maiores - próximas da ovulação, devem ser marcadas e confinadas até a hora de serem inseminadas. Já as outras fêmeas são liberadas, mas após 24 horas elas voltam para fazer o ultrassom novamente. Por isso, o nome da técnica é IATF em Blocos.

Com a técnica IATF em Blocos, o índice de prenhez aumenta em até 20%

A técnica de IATF em Blocos aumenta o índice de prenhez em até 20%. Os custos extras com o método se limitam aos serviços do médico veterinário - cerca de R$8,00 por animal. Outra vantagem é a economia de sêmen, que custa caro quando desperdiçado em vacas que não irão emprenhar. Sendo assim, vale a pena adotar a nova metodologia no rebanho.

A IATF em Blocos pode ser empregada em rebanhos de pecuaristas familiares

Além disso, como a IATF em Blocos não exige investimentos nas instalações da propriedade, ela pode ser empregada em rebanhos de pecuaristas familiares.

Fonte: Globo Rural.  

Andréa Oliveira 04-11-2016 Pecuária de Leite

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.