Saiba mais sobre o cultivo de erva cidreira (Lippia alba)

Saiba mais sobre o cultivo de erva cidreira (Lippia alba). A erva cidreira possui rusticidade quanto às condições climáticas. É resistente a várias intempéries e suporta muito bem variações de temperatura.

A erva cidreira (Lippia alba) apresenta rusticidade e resistência a pragas e doenças, o que facilita o cultivo

Saiba mais sobre o cultivo de erva cidreira (Lippia alba)

Originária do Texas (EUA), Caribe, México, América Central e América do Sul, a erva cidreira é uma planta medicinal, que possui inúmeras propriedades benéficas ao organismo. Também conhecida popularmente como alecrim-selvagem, falsa-melissa, salva-do-Brasil e salva, a erva é cultivada preferencialmente em casa - o cultivo comercial não é comum no Brasil. Na verdade, a Lippia alba (nome científico) apresenta rusticidade e resistência a pragas e doenças, o que facilita o cultivo.

A erva cidreira apresenta belas flores na cor branca, lilás ou rosa, além de folhas pequenas e peludas, com cerca de 3 centímetros de comprimento. A planta é arbustiva e pode alcançar 3 metros de altura. Uma vantagem da Lippia alba: não requer muito espaço para o plantio. Por esse motivo, é a preferida para o cultivo caseiro, sem falar que sua infusão em chá é muito saborosa, além de ser calmante e digestiva.

Clima e temperatura

A erva cidreira possui rusticidade quanto às condições climáticas. É resistente a várias intempéries e suporta muito bem variações de temperatura. Entretanto, quando é cultivada em regiões quentes e boa insolação, seu desenvolvimento é potencializado.

Plantio e espaçamento

O plantio ocorre por meio de estacas de 20 centímetros de comprimento e 1 centímetro de diâmetro. Elas devem ser diretamente plantadas no solo cerca de 10 centímetros, sem a necessidade de fazer mudas. É recomendado espaçamento de 2 metros entre linhas.

Solo e irrigação

No mês inicial de cultivo, é necessário que a Lippia alba receba irrigação farta - alternando os dias. Ela não requer solo muito fértil, mas o ideal é que haja matéria orgânica no local de cultivo, além de boa umidade (não encharcado).

Poda e capina

A poda dos ramos deve ser realizada de 1 a 1,5 metro de altura. Se a planta ficar muito longa, a tendência é acamar e perder as folhas. Da mesma forma, é importante fazer a capina para manter a área sempre livre de invasoras, como a tiririca.

Produção e colheita

As hastes da erva cidreira com folhas e flores devem ser colhidas com um metro de altura. É fundamental que o corte seja realizado a 20 centímetros do solo. Podem ser feitos até quatro cortes por ano, realizado em qualquer época. A rebrota ocorre com mais intensidade na colheita de verão.

Fonte: Revista Globo Rural.

Conheça o Curso a Distância CPT Plantas Medicinais e Aromáticas - Colheita e Beneficiamento, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online - elaborado por Celso Trindade e Maria Luiza Sartório, especialistas na área.

Andréa Oliveira 19-05-2017 Plantas Medicinais

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.