Cuidados importantes com leitões recém-nascidos

Os cuidados com leitões recém-nascidos começam, antes do nascimento, quando a maternidade é submetida a vazio sanitário

Cuidados importantes com leitões recém-nascidos

“O manejo adequado dos leitões começa, antes do nascimento, quando a maternidade é submetida a vazio sanitário. No momento em que o parto se aproxima, a leitoa é encaminhada para a maternidade. Após aproximadamente 6 horas, nascem os leitões, que merecem cuidados importantes a seu bem-estar e vigor”, afirma Paulo César Brustolini, Mestre em zootecnia e professor do Curso CPT a Distância e Online Manejo de Leitões do Nascimento ao Abate.

Passo 1


Assim que nascem, o tratador enxuga os leitões, no sentido da cabeça para o corpo, para a retirada de restos fetais e estímulo da respiração. Aqueles que apresentarem dificuldades para respirar recebem compressão no tórax e são submetidos à respiração artificial, por meio de um funil colocado na boca. Em hipótese alguma, os leitões recém-nascidos devem ficar sozinhos após o nascimento, pois podem sofrer hipotermia, o que pode ser fatal.

Passo 2


Segundo Brustolini, após secar os leitões, o cordão umbilical deve ser amarrado, em torno de 5,0 cm abaixo da barriga, com fio de algodão devidamente higienizado. O procedimento seguinte é o corte do coto umbilical, onde se deve passar uma solução de água com iodo. “Na verdade, a prática evita que o leitão recém-nascido desenvolva quaisquer tipos de infecção”, completa o Mestre em zootecnia.

Passo 3


O próximo passo é garantir um local aquecido aos leitõezinhos, para que consigam sobreviver nas primeiras horas pós-nascimento. Vale lembrar que eles apresentam alta sensibilidade ao frio, pois seu aparelho termorregulador está em fase de desenvolvimento. Por esse motivo, é utilizado um escamoteador com temperatura de aproximadamente 32°C. Se a temperatura estiver baixa, os leitões se amontoam uns nos outros. Já em temperatura alta, eles se espalham.

Passo 4


A amamentação com colostro é um passo fundamental para a manutenção da boa saúde dos leitões recém-nascidos. Mesmo porque ele fornece anticorpos, que fortalecem o sistema imunológico dos animais nas primeiras horas de vida. Os tetos peitorais da leitoa apresentam leite de melhor qualidade e são os mais procurados pelos leitões. Os animais que estiverem mais fracos devem ser colocados nesses tetos nas primeiras mamadas.

Passo 5


Quando alcançarem entre 20 e 35 dias de vida, os leitõezinhos podem ser desmamados. Entretanto, é preciso considerar o tipo de manejo na granja, as instalações e, principalmente, a qualidade da alimentação. Geralmente, os leitões são submetidos ao desmame entre 21 e 28 dias após o nascimento, contanto que apresentem peso ideal de mais de 6,5 kg. Leitões refugos devem mamar por mais sete dias antes de seguirem para a creche.

Conheça os Cursos CPT a Distância e Online da Área Suinocultura.

Leia o artigo "Manejo dos leitões do nascimento ao abate."

Fonte: cpt.com.br

Andréa Oliveira 10-08-2019 Suinocultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.