O que fazer com os dejetos dos suínos

Uma boa fonte de renda para os criadores de suínos é transformar os dejetos em adubos orgânicos

 

Uma técnica que vem transformando de forma lucrativa os resíduos da criação de suínos em adubo é a compostagem de dejetos. Com essa prática, em vez de ter um passivo ambiental dentro da propriedade com risco de poluições, o produtor passa a ter a possibilidade de uma renda extra ao produzir seu próprio adubo orgânico.

As vantagens dessa atividade são atraentes, uma vez que ela se mostra uma forma sustentável para a produção suína. Mas, os produtores devem ficar atentos ao manejo desses dejetos para que a finalidade da atividade seja alcançada, aumentando a rentabilidade dos pequenos produtores e conservando o ambiente.

A compostagem, que é uma técnica ambiental de tratamento de dejetos, deve ser feita de forma equilibrada, misturando os dejetos dos suínos que se encontram em forma líquida, ao leito de maravalha ou de serragem, na proporção de 10 litros de dejetos para cada quilo de maravalha ou serragem. Contudo, essa mistura não pode ser feita toda no mesmo dia, é preciso ir despejando o líquido aos poucos, na proporção de 2 litros a cada semana a fim de evitar qualquer vazamento de chorume por baixo da leira de compostagem.

Uma forma barata de produzir o adubo orgânico é por meio da utilização de cama sobreposta, que consiste em uma grande caixa feita de muretas de alvenaria, onde são depositadas palhas ou qualquer outro material absorvente junto com os dejetos dos suínos. Dessa forma, na medida em que os dejetos entram em contato com a palhada, eles desidratam sem a emissão de odores.

Depois de um determinado tempo, a caixa recebe uma nova camada de palhada e assim sucessivamente. Quando esse ciclo termina, a cama é retirada e é destinada à compostagem, o que resulta em um excelente material para adubação orgânica. Caso o produtor deseje acelerar o processo, ele pode fazê-lo com o revolvimento do material.

Os benefícios dessa atividade são vários: conforto e melhora da aparência dos animais, diminuição da incidência de doenças, economia de água, conservação do meio ambiente e aumento da rentabilidade do produtor. Se não bastassem estes benefícios, o adubo orgânico proveniente da compostagem dos resíduos suínos pode ser comercializado, pois se trata de um fertilizante com alta concentração de nutriente, fazendo com que tenha ótimo valor agregado e grande demanda no mercado.

No curso Criação de Suínos em Camas Sobrepostas, elaborado pelo CPT - Centro de Produções Técnicas, você encontrará informações a respeito das vantagens do sistema, do preparo e utilização das camas, dos aspectos sanitários, entre outros. Leia também nosso outro artigo Criação de suínos em camas sobrepostas.

Beatriz Lazia 29-05-2012 Suinocultura

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.