Conheça alguns tipos de adubo orgânico

Conheça alguns tipos de adubo orgânico. Existem vários tipos de adubo orgânico baratos e fáceis de serem encontrados, como esterco animal, borra de café e casca de ovo.

Existem vários tipos de adubo orgânico baratos e fáceis de serem encontrados, como esterco, borra de café e casca de ovo

Conheça alguns tipos de adubo orgânico

"A horta caseira, além de ser muito importante para a saúde, pode colaborar com uma diminuição sensível de gastos com a aquisição desses produtos. Com pouco espaço, é possível produzir hortaliças em variedade e quantidade suficiente para toda família e vender o excedente", afirma João Tessarioli Neto, professor do Curso a Distância CPT Horta Caseira - Implantação e Cultivo, disponível nos formatos em Livro+DVD e Online.

Entretanto, para garantir o bom desenvolvimento e a qualidade das hortaliças, é preciso realizar a correta adubação orgânica do solo. Felizmente, existem vários tipos de adubo orgânico baratos e fáceis de serem encontrados. Que tal conhecer alguns deles?

Esterco

O esterco utilizado por horticultores caseiros vem de animais herbívoros, como vacas. Alguns preferem esterco de galinhas - igualmente benéfico às hortaliças. Mas é muito importante que o esterco não seja aplicado diretamente no solo. Ele deve ser curado previamente à aplicação. Em outras palavras, o esterco deve ser diluído na água e exposto ao sol por, no mínimo, 14 dias. Após esse período, a parte líquida do esterco é aplicada nas hortaliças e o esterco curtido, agregado ao solo.

Compostagem

Formada por restos de alimentos (cascas e talos), além de grama e folhas secas, a compostagem é um excelente adubo orgânico para as plantas. Além de não deixar resíduos químicos no solo - como fazem os adubos convencionais, o material formado pela compostagem nutre as hortaliças e favorece seu pleno desenvolvimento. Alguns horticultores orgânicos preferem misturar a compostagem à terra para depois procederem ao plantio das mudas. Outros a aplicam diretamente sobre o solo. Ambas as práticas geram ótimos resultados.

Cinzas

As cinzas (madeira) contêm microminerais, além de fosfato e potássio. Sua principal função é aumentar a resistência das hortaliças no combate a pragas. Sua utilização é bastante simples e prática. Antes de aplicar nas plantas, basta misturar as cinzas (1/4 de xícara) com 1 litro de água. O ideal é borrifar a mistura nas folhas pela manhã. Normalmente a adubação orgânica deve ser feita nas horas mais frescas do dia.

Borra de café

A borra de café também é um adubo orgânico de suma eficácia. Após coar aquele café quentinho e saboroso, basta reservar a borra para uso posterior. Na horta, o ideal é aplicar o resíduo no entorno das hortaliças. Além de conter fósforo, potássio e nitrogênio, a borra de café impede o ataque de caracóis e lesmas. Já os restos dos grãos de café podem ser diluídos e borrifados na horta diariamente.

Casca de ovo

A casca de ovo contém cálcio e potássio e pode ser utilizada como potente adubo orgânico. Além de aumentar a resistência das hortaliças, reduz a incidência das larvas que prejudicam o desenvolvimento das plantas. Antes de adicioná-las ao solo, elas devem ser lavadas e trituradas. O ideal é colocar as cascas no entorno de cada muda individualmente. Alguns horticultores as acrescentam ao solo antes do plantio das mudas.

Húmus e biofertilizante de minhoca

O solo com minhocas sempre se mantém fértil. Elas produzem húmus e biofertilizante líquido natural, ambos excelentes para as plantas. Para fazê-los, é preciso construir um viveiro caseiro separado em três andares. No andar 1, as minhocas se misturam ao solo e aos restos vegetais; no andar 2, são depositados os compostos produzidos pelas minhocas; no andar 3, é represado o líquido que escoa dos andares anteriores.

Fonte: Revista Globo Rural.

Andréa Oliveira 25-05-2017 Agricultura Orgânica

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.