Descubra como curtir esterco de gado

Descubra como curtir esterco de gado. Muitos acreditam que o esterco não curtido queime as raízes das plantas. Mas a principal razão para submeter o esterco a processo que o torna curtido é para eliminar microrganismos nocivos .

A compostagem é uma das melhores formas de curtir esterco de gado, pois promove a eliminação de microrganismos nocivos

Descubra como curtir esterco de gado

“Na agricultura orgânica, são utilizadas técnicas de cultivo naturais, onde não são permitidos fertilizantes químicos. Em vez disso, são utilizados adubos orgânicos, dentre eles, matéria orgânica vegetal – como bagaço de cana, e matéria orgânica animal – como esterco de gado. Entretanto, para usar esterco como adubo, é recomendado que ele seja curtido”, afirmam Kunio Nagai, Newton S. Miyasaka e Shiro Miyasaka, professores do Curso a Distância CPT Agricultura Natural em Livro+DVD e Online.

Por que curtir o esterco de gado?

Muitos acreditam que o esterco não curtido queime as raízes das plantas. Mas a principal razão para submeter o esterco a processo que o torna curtido é para eliminar microrganismos nocivos à saúde humana. Por meio da compostagem, a matéria orgânica animal alcança temperaturas elevadas, o que resulta na destruição de patógenos e garante maior segurança na utilização do esterco (principalmente em hortas).

Como curtir o esterco bovino?

O processo de compostagem é a melhor forma de curtir diversos tipos de esterco. Basta aglomerar um bom volume do material orgânico no chão. Posteriormente, deve-se manter o esterco bovino umedecido, com o cuidado de revirar o composto a cada três dias. Com a ajuda do clima e das técnicas corretas para fazer composto orgânico, em um mês, o esterco de gado está curtido. Isso acontece quando ele não apresenta cheiro característico nem umidade em excesso.

Como e onde utilizar o esterco de boi?

O esterco de gado curtido pode ser utilizado em canteiros, vasos, hortas e jardins. Antes de aplicar nas plantas, é recomendado esfarinhar o composto. No cultivo em vasos, a proporção é a seguinte: 1 parte de esterco curtido + 2 partes de terra + ½ parte de areia. Em canteiros, deve-se aplicar 10 litros de esterco/m². Uma dica importante é revolver a terra a uma profundidade de, aproximadamente, 30 cm antes adicionar a matéria orgânica animal curtida.

Alguns preferem deixar o esterco em repouso por 10 dias na água. Recomenda-se 1 quilo de esterco de boi curtido para 10 litros de água. O caldo obtido no processo (adubo orgânico líquido) deve ser diluído em 10 partes de água para as regas. O volume a ser utilizado é o seguinte: vasos pequenos - meio copo de 200 ml; hortas e jardins - 1 litro (ou mais). O sólido sobressalente também pode ser agregado à terra, pois apresenta nutrientes essenciais às plantas.

Conheça os Cursos a Distância CPT, constituídos de Livro+DVD, e Cursos Online, da Área Agricultura Orgânica.

Fonte: jardinet.com.br

Andréa Oliveira 09-05-2018 Bovinos

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.