Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /data/www/sites/www.portalagropecuario.com.br/controller/materia.php on line 65
Jurubeba (Solanum paniculatum L.) - planta medicinal para tratamento dos males digestivos | Portal Agropecuário

Jurubeba (Solanum paniculatum L.) - planta medicinal para tratamento dos males digestivos

A planta medicinal, típica das regiões Norte e Nordeste do Brasil, conhecida com o nome popular de possuiu o sabor amargo e é excelente para os males do fígado

A planta medicinal, típica das regiões Norte e Nordeste do Brasil, conhecida com o nome popular de Jurubeba, possui o sabor amargo e é excelente para os males do fígado

Jurubeba (Solanum paniculatum L.) - planta medicinal para tratamento dos males digestivos

A planta medicinal da família das Solanáceas, típica das regiões Norte e Nordeste do Brasil, conhecida com o nome popular de Jurubeba (nome científico: Solanum Paniculatum L.) possui o sabor amargo e é excelente para os males do fígado, entre outros males. Suas propriedades terapêuticas estão concentradas a maior parte nas raízes da planta, mas também podem ser encontradas no caule e nas folhas.

Tais princípios ativos foram descobertos por pesquisadores da Alemanha, por volta de 1960. Entre os principais componentes, temos os alcaloides, os esteroides e as saponinas. Estes excelentes para o tratamento de doenças no trato digestivo, principalmente os problemas no fígado.

A Jurubeba é uma espécie que pode chegar aos 5 metros de altura. Em seu tronco, podemos encontrar a presença de espinhos curvos. É uma bela árvore, com flores brancas ou lilás e folhas lisas. O nome científico paniculatum é devido ao tipo de inflorescência da planta. Já o nome popular vem do yu (espinho) e peba (chato).

Atualmente, a Solanum paniculatum é registrada como uma droga oficial na Pharmacopea brasileira, indicada principalmente para problemas como anemia e os males do trato digestivo, inclusive do fígado.

Propriedades medicinais da Jurubeba (Solanum paniculatum L.):

-Auxilia na digestão;

-Auxilia o fígado;

-Auxilia na febre;

-Auxilia no Diabetes;

-Purifica o sangue;

-É anti-inflamatória;

-É descongestionante;

-É diurética.

Como usar a Jurubeba?

Há vários modos de preparo da Jurubeba, como chás, sucos, tinturas ou ainda em pó.

Chá para males digestivos:

Fazer a infusão de 2 colheres de sopa de folhas, frutos ou flores em 1 litro de água. Tomar 3 xícaras de chá morno, sem açúcar, por dia.

Atenção!

A Jurubeba deve ser ingerida com cautela, pois, como a maioria das Solanáceas, é uma planta com alta toxidez, principalmente pela grande concentração de alcaloides e esteroides. Se o uso for prolongado, pode causar diarreias, gastrite, náuseas e vômitos.

Aprimore seus conhecimentos, acessando os Cursos CPT, da área Agricultura, elaborados pelo CPT - Centro de Produções Técnicas.


 

Andréa Rocha 06-11-2013
Notice: Trying to access array offset on value of type bool in /data/www/sites/www.portalagropecuario.com.br/partials/materia.phtml on line 22

Deixe um Comentário

Comentários

Não há comentários para esta matéria.